Cultura, Fuleragem, Lifestyle

Opa, Meu Querido, Você se Importaria em Fazer um Desenho Meu?

O desenho de observação sempre foi uma das mais populares e amadas práticas manuais feitas pelo ser humano. Zaso Corp. convocou os mais honestos funcionários de botecos, bares e casas de embriaguez para desenhar os zasalhas Jonas e Leandro. O resultado é alucinante, chame seus amigos e familiares para conferir esta imperdível aventura. Corra!

Leia mais
Anúncios
Cultura, Fuleragem, Lifestyle

Bar do Bin Laden – O Boteco Mais Bombado do Centro de São Paulo

Enquanto o líder da organização terrorista Al-Qaeda, Osama Bin Laden, era notícia recorrente em todo o mundo, por sua suposta responsabilidade pelos trágicos atentados de 11 de Setembro de 2002, o pacato cearense Francisco Hélder Braga Fernandes só pensava em tocar seu bar da melhor maneira possível. Reconhecido por populares como sendo extremamente semelhante ao terrorista saudita, foi uma questão de tempo para que sua semelhança acabasse atingindo níveis nunca antes imaginados pelo pacífico comerciante.

Leia mais
Cultura, Lifestyle

Por Dentro da Ocupação

Há algumas luas atrás, na época em que o zasóide Joe Borges residia em um prédio no centro de São Paulo, o mesmo teve a idéia de doar algumas roupas e objetos pessoais para a comunidade que habitava o edifício vizinho ao seu, um ex-prédio do INSS que era ocupado pelo MMC, o Movimento de Moradia do Centro. Depois de muito bem-recebido pelos moradores, o modesto jovem voltou à sua fascinante rotina. A vida seguiu e, pouco tempo depois, numa noite em que Joe e o zasileiro Leandro estavam tomando uma cerveja em frente ao falecido, fuleiro e fantástico mercado Econ (que se localizava exatamente em frente ao prédio ocupado), uma curiosidade forte atingiu-os em cheio: Como seria o interior do prédio?

Leia mais
Cultura, Fuleragem, Lifestyle

A Lenda do Karaokê Perdido – Parte 1

A Liberdade é conhecida universalmente pela imigração japonesa, povo que é grande entusiasta de tomar uma birita, desafroxar a gravata e cantar canções de gosto duvidoso nos tradicionalíssimos karaokês da cidade. O Zaso Corp. tinha um conhecimento raso de alguns lugares clássicos da região, sobretudo da lisérgica e apoteótica Chopperia da Liberdade, mas a lenda ia além, era mais profunda e abissal.

Leia mais